Notas sobre a épica: a propósito d’Os Lusíadas e o feudalismo ibérico

“o interessante desta obra é que nela o moderno aparece ainda misturado com o medieval […] Nela fulguram como em nenhum outro lugar as contradições culturais do Renascimento serôdio, que são, por sua parte, sinal das distintas vias históricas abertas e em disputa naquele canto do mundo que era a Europa nos limiares da modernidade.”

(Tempo estimado de leitura: 25 mnts)

Dous poemas de T. S. Eliot

Releio febrilmente entre as calores que assolam a velha Europa neste verão de 2022 as poesias de T. S. Eliot. Ando trabalhando numa cousa mais longa, relacionado com o cem aniversário da publicação da que é a obra mais conhecida do autor, The Waste Land (1922). Por enquanto, deixo-vos aqui a tradução de dous seus […]

De mapas e jeitos de ver: Domingo Fontán e a criação da Galiza Moderna

Passados quase dous séculos desde a finalização, no ano 1834, da elaboração por parte do matemático Domingo Fontán Rodríguez (1788-1866) do primeiro mapa “moderno e rigoroso” do território galego (Barral et al., 2018 p. 7), muitas têm sido as vozes a reclamar este feito como um “fito da cartografia peninsular” (Barral et al., 2018 p. […]

Notas à Epopeia de Gilgamés

Ao contrário do que diz o próprio título, o protagonista da Epopeia de Gilgamés não é Gilgamés. Gilgamés, herói, rei mítico, fundador das muralhas de Uruque, é sim protagonista do relato contido nessa epopeia. As suas ações são descritas e os seus motivos fazem avançar a trama, mas compreender a Epopeia de Gilgamés vai além […]

Montserrat (2015-2019)

Olá, sou o Daniel. Esta é a minha primeira publicação —por isso achei ajeitado falar dos inícios. Ou melhor, deixar os inícios falarem por si próprios. Quiçá seja já lugar comum descrever a aprendizagem como o ascenso de uma alta montanha —outras alturas também valeriam, mas neste caso é uma montanha. Uma montanha que é […]